sexta-feira, 22 de março de 2019

MAIA AMEAÇA DEIXAR ARTICULAÇÃO POLÍTICA DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Maia. Votação só ocorrerá quando Maia tiver segurança de que a PEC será aprovada
O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avisou ontem ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que deixará a articulação política pela reforma da Previdência, informa O Estado de S.Paulo.
Segundo a reportagem, Maia tomou a decisão após virar alvo de novo ataque do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro, no Twitter. O deputado disse a Guedes, conforme o jornal, que se é para ser atacado nas redes sociais por filhos e aliados de Bolsonaro, o governo não precisa de sua ajuda.
Maia é o principal articulador político do presidente no Congresso e fiador da reforma da Previdência. Passados 80 dias de mandato, Bolsonaro ainda não conseguiu formar uma base parlamentar e enfrenta críticas inclusive dentro de seu partido. As reclamações vão da falta de atenção dos ministros aos parlamentares à demora na liberação de cargos na administração federal, entre outras.

CENTRO DE ESPECIALIDADES ODONTOLÓGICAS DE SOBRAL COMPLETA 15 ANOS

O Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Sobral completa neste mês de março 15 anos de funcionamento. O Centro  realiza em média 1.851 atendimentos por mês. A unidade oferece atendimento especializado em saúde bucal, dando continuidade ao trabalho realizado nos Centros de Saúde da Família.  
O CEO está preparado para oferecer à população serviços de prótese dentária; periodontia (tratamento de gengivas), endodontia (tratamento de canais), cirurgia oral menor (boca de pequeno tamanho), ortodontia (correção da posição dos dentes e dos ossos maxilares) e atendimento a portadores de necessidades especiais (doenças crônicas, distúrbios do comportamento, de comunicação, transtornos psiquiátricos, síndromes, dentre outras).
O CEO de Sobral trabalha com ações e serviços voltados para os cidadãos de todas as idades, com ampliação do acesso ao tratamento odontológico especializado gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS)”, pontuou Gerardo Cristino, secretário da Saúde.
A inauguração do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) Sanitarista Sérgio Arouca, ocorreu em 17 de março de 2004, uma data histórica não só para o município de Sobral, mas para todo o Brasil, pois durante a inauguração foi lançada a Política Nacional de Saúde Bucal – Programa Brasil Sorridente, sendo o CEO de Sobral o primeiro do Brasil vinculado a este Programa.

DEPUTADO AJ ALBQUQUERQUE COMEMORA SANGRIA DO AÇUDE PONTA DO SERROTE

Assim como toda a população do Distrito de Aiuá, o deputado federal, AJ Albuquerque, está eufórico com sangria do Açude da Ponta do Serrote, inaugurado ainda em sua administração como prefeito de Massapê.
AJ que continua com um olhar atento para a cidade que o projetou parlamentar federal, também priorizou em sua gestão municipal massapeense (2013-2016) outras políticas de recursos hídricos implantando cisternas, perfuração de poços profundo, além da implantação de dessalinizadores.

CRESCE A PROCURA POR MARCELA TEMER


Resultado de imagem para MARCELA TEMER
Michel Temer está dominando as pesquisas dos brasileiros no Google, desde ontem. Todas as 15 buscas que mais cresceram nas últimas quatro horas têm relação com a prisão do ex-presidente e dos demais nomes do MDB, segundo dados do Google Trends. Todos os termos tiveram alta acima dos 5.000% – algo de se esperar, claro, afinal não havia muita gente “googlando” o nome do ex-presidente ontem, por exemplo.
O curioso é que, entre esses 15 termos de busca em alta, está Marcela Temer, em 11º. Houve alta de 4.450% no volume de pesquisas pela ex-primeira-dama no Google. O nome do juiz responsável pelas prisões, Marcelo Bretas, também ficou em voga: só na primeira hora após a prisão de Temer, as buscas por ele cresceram 1.570%.

DELAÇÃO QUE PODE ATINGIR FUX FAZ STF LIGAR SINAL VERMELHO

O Supremo Tribunal Federal (STF) voltou a ligar o sinal de alerta na quinta-feira (21), ao saber de rumores de que um dos ministros do tribunal pode ser atingido de forma indireta em uma delação premiada feita pelo empresário Jacob Barata para a revista Veja, que publicou um trecho nesta sexta-feira (22), segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paulo.
Conhecido como ‘rei do ônibus’ do Rio de Janeiro, Barata contou que um ex-assessor do ministro Luiz Fux teria sido o destinatário de milhões de reais em propina para influenciar em uma decisão judicial em 2011, segundo a colunista.
O delator revelou ter ouvido do presidente da Fretranspor na época, José Carlos Lavouras, que precisava retirar dinheiro do caixa para repassar a um assessor do ministro, para influenciar em uma decisão do magistrado. Atualmente, Lavouras vive em Portugal.

PARA LULA FOI TENTAR RETOMAR O PODER DA LAVA JATO

A quem o visitou nesta quinta (21) na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, o ex-presidente Lula afirmou que a prisão de Michel Temer teve como objetivo “restabelecer o projeto de poder da Lava Jato”.
A avaliação do petista é a de que, golpeada pelas recentes decisões do Supremo Tribunal Federal, a Lava Jato quis dar uma demonstração pública de força.
Ele considerou a prisão de Temer um ato “fora da lei”. (Folha)

CÂMARA REALIZARÁ EXPOSIÇÃO NAS COMEMORAÇÕES DO CENTENÁRIO DA CONFIRMAÇÃO DA TEORIA DA RELATIVIDADE


Câmara realizará exposição nas comemorações do Centenário da confirmação da Teoria da Relatividade
O Centenário do Eclipse de Sobral é o tema de exposição a ser realizada na Câmara dos Deputados, nos dias 13 de maio e 07 de junho, no corredor de acesso ao plenário, por solicitação conjunta dos deputados federais Leônidas Cristino e André Figueiredo, ambos do PDT.
O evento integra a programação das comemorações dos 100 anos da comprovação da Teoria da Relatividade Geral formulada pelo físico alemão Albert Einstein. A cidade de Sobral planeja uma extensa programação para comemorar o Centenário, que agora no mês de março, nos dias 27 a 30, realiza uma Reunião Regional da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), no Centro de Convenções.
O evento da SBPC tem como tema “Educação Básica de Qualidade: currículo, carreira e gestão escolar”. A agenda inclui debates sobre a experiência educacional de Sobral, experiências exitosas na educação básica e o seminário uma Janela para o Cosmos Sob o Sol de Sobral com cientistas que darão palestras sobre o Centenário da Teoria Geral da Relatividade.
Tudo começou quando uma expedição de cientistas da Inglaterra e Brasil se deslocou até Sobral para observar, no dia 29 de maio de 1919, o mais famoso eclipse solar da história. A observação ajudou a confirmar a teoria geral da relatividade, que superou a teoria gravitacional de Isaac Newton, um conhecimento consolidada há dois séculos, e veio a alterar profundamente a visão do universo pelo homem.
Por isso, 2019 foi proclamado como o Ano Brasil-Reino Unido de Ciência e Inovação pelos governos de ambos países. O episódio faz parte da história de Sobral, do Brasil e do Universo, disse Leônidas Cristino. O deputado se congratulou com a Prefeitura Municipal de Sobral, Governo do Estado do Ceará e Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) pela participação decisiva na realização de toda a celebração do acontecimento que marca a história da ciência ocidental.

NA VÉSPERA, CONSTRANGIMENTO NO MDB COM MOREIRA PRESENTE


As prisões do ex-presidente Michel Temer, do ex-ministro e ex-governador do Rio de Janeiro, Moreira Franco, e do coronel João Batista Lima Filho, apontado como "operador financeiro" de Temer, se deram um dia após uma reunião da Executiva Nacional do MDB, que foi marcada por constrangimento e na qual Moreira Franco estava presente. Ao convocar o encontro, a intenção do presidente da sigla, Romero Jucá, era dar alguns informes, segundo emedebistas, e falar da transição que pretende conduzir. Mas partiu do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, a fala mais dura em relação à conjuntura atual da legenda. Segundo correligionários que testemunharam a cena, Ibaneis chegou a defender a expulsão de emedebistas presos, disse que não tinha condição de estar num partido com um presidiário da qualidade do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e nem de um dirigente partidário, que tinha uma mala guardada com R$ 50 milhões. Referia-se ao ex-ministro e ex-deputado Geddel Vieira Lima, preso preventivamente, em setembro de 2018, três dias após R$ 51 milhões em espécie serem encontrados no apartamento de um amigo dele em Salvador. Ibaneis fez os disparos diante do irmão de Geddel, Lúcio Vieira Lima, que reagiu. Lúcio chegou a advertir que Ibaneis, na condição de advogado, não deveria pré-julgar. Realçou que o governador foi presidente da OAB-DF, que a Ordem não presta contas aos tribunais de Contas e arrematou ainda que não sabia se quem afundou era mais culpado do que quem conseguiu se salvar. Ibaneis também sublinhou que o partido não tem mais quem fale por ele, não tem mais referência política. O nome de Ibaneis vinha sendo empinado pelo próprio Jucá para assumir o comando nacional da sigla e teria o apoio ainda de Temer e de José Sarney. 
As críticas de Ibaneis foram feitas diante de outros caciques, como Renan Calheiros, Eunício Oliveira e de um ex-vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, que era assessor especial de Temer e também chegou a ser preso pela PF em operação contra o desvio de recursos nas obras do estádio Mané Garrincha. Ontem, um dia depois do duro debate interno, a sigla parece ter perdido mais dois porta-vozes, na esteira das baixas já contabilizadas por Ibaneis.
(Por Renata Bezerra de Melo)

'GATO ANGORÁ', MOREIRA FRANCO TEM HISTÓRICO DE ESCÂNDALOS E INTRIGAS


Ex-ministro Moreira Franco
Novo cacique do MDB a cair na Lava Jato, o ex-ministro Wellington Moreira Franco (MDB-RJ) não é calouro em escândalos políticos.

Até esta quarta (21), quando foi preso pela força-tarefa da operação, Moreira Franco era o único governador eleito e ainda vivo do Rio sem passagem pela prisão.

Antes dele, todos tombaram a certa altura: Luiz Fernando Pezão, Sérgio Cabral (ainda detidos) e o casal Anthony e Rosinha Garotinho (por ações sem relação com a Lava Jato, mas com a Justiça eleitoral).
A exceção, a petista Benedita da Silva, liderou o Palácio Guanabara por menos de um ano após Garotinho, de quem era vice, sair para concorrer à Presidência, em 2002.
Piauiense radicado no Rio, Moreira Franco governou o estado de 1987 a 1991. De seu antecessor, Leonel Brizola (1922-2004), ganhou o apelido que o acompanha até hoje: Gato Angorá, seja pelas madeixas esbranquiçadas que ostentava já nos anos 1980, seja pela manha de passar de colo em colo.

Nas últimas décadas, aliou-se aos governos de FHC, Lula e Dilma Rousseff e o emedebista Temer. Versado nas intrigas palacianas, assessorou tanto tucanos quanto petistas. Para Dilma serviu duas vezes como ministro. Depois ajudou a articular seu impeachment.

Gato Angorá virou codinome a ele associado nas planilhas de propina da Odebrecht. Dilma chegou a zombar da alcunha: "O gato angorá tem uma bronca danada de mim porque eu não o deixei roubar, querida. É literal isso: eu não deixei o gato angorá roubar na Secretaria de Aviação Civil". Ele sempre negou participação em esquemas de corrupção.

Suas relações entranhadas com a política brasileira começaram no altar, quando se casou com uma neta de Getúlio Vargas, a socióloga Celina, de quem se separou em 1989, quando morava no Palácio Laranjeiras -ficaram famosas as corridas que ele fazia de shortinho pelos jardins da residência oficial do governador fluminense.

O marido de Alzira Vargas, a mãe da esposa, entrou no anedotário político da época como "O Genro". Ele virou "o genro do genro". Hoje é sogro de Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara e filho do ex-prefeito carioca César Maia.

Na juventude, Moreira Franco ingressou nas fileiras de um movimento que combatia a ditadura, o Ação Popular. Dali foi para o MDB, e do MDB para o PDS, herdeiro do Arena, maior sustentáculo partidário do regime militar.

Pelo PDS concorreu ao Executivo fluminense em 1982. Brizola o derrotou, e Moreira Franco saiu daquele pleito chamuscado por suspeitas de fraude na apuração dos votos, ainda em papel.

Já de volta ao MDB (rebatizado para PMDB) e com Eduardo Cunha ajudando na campanha, Moreira Franco sucedeu Brizola à frente do Rio em 1987.

Em 1991, a um mês de deixar o cargo, recebeu no Palácio Guanabara dois bicheiros célebres: Anísio Abrão David, presidente da escola de samba Beija-Flor, e Carlinhos Maracanã, líder da Portela. Comentou à época: "Era um encontro administrativo, sobre a cessão do terreno para o museu do carnaval. Eram bicheiros. O que posso fazer? A vida social é o que".

Seu governo foi marcado por acusações de desvios de verba e concorrências marcadas. Saiu dele com baixa popularidade, mas sua estima nas cúpulas do poder continuou em alta.

A amizade com Temer germinou em 1995, quando outro cacique emedebista, Orestes Quércia, telefonou para pedir ajuda na eleição do colega para a liderança do partido. Virou uma das principais cabeças por trás do "Ponte para o Futuro", projeto econômico de pegada liberal que Temer sugeriu para o país.

Em 2015, Moreira Franco defendeu seu partido em entrevista à Folha de S.Paulo. Disse que "o PMDB não conspira, não trai". Foi preso junto com o amigo Temer.

(FolhaPe)

A INACREDITÁVEL HISTÓRIA DE COMO MOREIRA FRANCO SOUBE DE SUA PRISÃO


Divulgação/Renato Ventura
Um dos ouvintes da rádio BandNews FM acompanhou bem de perto a prisão do ex-ministro Moreira Franco, na quinta-feira (21/3). O advogado Renato Ventura estava sentado ao lado do político no voo 066215 da companhia aérea Avianca, que deixou Brasília às 9h55 e pousou no Aeroporto Internacional Tom Jobim, no Rio de Janeiro, às 11h40.
Ventura, que também é procurador da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), soube da prisão do ex-presidente Michel Temer (MDB) ainda dentro do avião, por meio de um grupo de WhatsApp.
O advogado foi comentar o caso com o “senhor ao lado”, quando percebeu que o homem era justamente o ex-ministro Moreira Franco.
Ventura disse ter sido empurrado pelo político no corredor do avião e passou a segui-lo. Já do lado de fora do aeroporto, um veículo da marca Volvo esperava pelo ex-ministro.
O advogado tentou ligar para a Polícia Federal e para a Polícia Militar, pois acreditava que Moreira Franco estava tentando fugir. Sem sucesso nas ligações, ele resolveu retardar a saída do Volvo ao ficar parado na faixa de pedestres.

JUAZEIRO DO NORTE ABRE CONCURSO PÚBLICO COM MAIS DE 07 MIL VAGAS


A Prefeitura de Juazeiro do Norte abriu, na quarta-feira (20), concurso público com 7.304 vagas para preenchimento de quadros do município. Os salários variam entre R$ 998 e R$ 7 mil. Há vagas para os níveis fundamental, médio e superior.

As inscrições podem ser feitas a partir do das 7h do dia 26 deste mês, no site da organizadora do certame. Elas seguirão abertas até às 23h do dia 25 de abril. As provas estão previstas para ocorrer no dia 26 de maio.

Das 7.304 vagas, 1.815 são para preenchimento imediato e 5.489 para cadastro de reserva.
Confira as vagas:
Nível Fundamental
Auxiliar de Serviços Fúnebres, Merendeira, Motorista, Cozinheiro, Motorista de Veículos Escolares, Operador de Máquinas Pesadas.
Nível Médio
Agente Administrativo, Agente Municipal de Trânsito, Auxiliar de apoio educacional, Brailista, Cuidadores, Educador Social, Fiscal de Obras, Fiscal de Serviços Públicos, Fotógrafo,  Guarda Civil Metropolitana, Guia de Turismo, Inspetor Sanitário, Instrutor de Libras, Interprete de Libras, Monitor de Atividades Esportivas, Monitor de Atividades Infantis, Monitor de Oficinas, Motorista - CNH D, Orientador Social, Secretário Escolar, Técnico Audiovisual, Técnico de Farmácia, Técnico de Luz e Som, Técnico em Agricultura, Técnico em Edificações, Técnico em Enfermagem, Técnico em Gesso, Técnico em Radiologia, Técnico em Saúde Bucal, Técnico em Segurança do Trabalho, Topógrafo.
Nível Superior
Analista Ambiental, Analista de Gestão Pública, Antropólogo, Arquiteto e Urbanista, Arquivista,  Assistente Social, Auditor Fiscal, Bibliotecário, Contador, Economista, Educador de Trânsito, Educador Físico, Enfermeiro, Infectologista, Engenheiro Agrônomo, Engenheiro Ambiental e Sanitarista, Engenheiro Civil, Engenheiro Elétrico, Engenheiro Florestal, Farmacêutico, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Geografo, Geólogo, Historiador, Jornalista, - Médico (diversas áreas), Médico Veterinário, Museólogo, Nutricionista, Odontólogo, Pedagogo (diversas áreas), Procurador, Professor, Psicólogo, Sociólogo, Tecnólogo de Alimentos, Tecnólogo de Edificações, Tecnólogo de Irrigação, Tecnólogo em Recursos Humanos, Terapeuta Ocupacional e Turismólogo.

(Blog do Flávio Pinto)

DEPUTADO ALERTA PARA INCONSTITUCIONALIDADE DO PROJETO QUE LIBERA COMÉRCIO E BEBIDAS ALCOÓLICAS EM ESTÁDIOS


Em pronunciamento na Assembleia Legislativa do Estado do Ceará, o deputado estadual Marcos Sobreira (PDT) destacou que o Projeto 85/2019 fere o princípio da constitucionalidade quando permite o comércio e consumo de bebida alcoólica em estádios e arenas desportivas no Ceará.
De acordo com o parlamentar, a polêmica questão é regida pelo Estatuto do Torcedor - que é uma legislação federal - e cabe apenas à União legislar sobre o assunto. “O artigo 13º do estatuto do torcedor é bem claro quando afirma que é proibido adentrar e permanecer em praças esportivas com bebidas ou substâncias que possam gerar violência. E, de acordo com a iniciativa, permitir aproximadamente 4 horas de bebidas alcoólicas, por mais baixo que seja o teor etílico, o cidadão perde seu autocontrole. É um desserviço ao povo do estado e, com certeza, afasta as famílias dos estádios cearenses”.

Marcos Sobreira lembrou ainda que, de 2013 a 2015, aconteceram 53 mortes violentas em estádios de futebol no País. Citou o caso de Pernambuco, onde um torcedor arremessou um vaso sanitário na torcida do time rival. “No estádio, os ânimos ficam à flor da pele por conta da rivalidade. O cidadão consome a bebida lá fora, consome mais dentro do estádio e, na saída, é onde as torcidas se confrontam. Precisamos evitar que o público esteja sob efeito de algo tão nocivo”, alertou.

O parlamentar também alertou que, ao aprovar um projeto deste teor, a Assembleia estaria sendo incoerente com sua campanha Ceará sem Drogas. “Essa Casa não pode permitir que um projeto como este passe. Sabemos dos altos índices de homicídios que surgem do consumo da bebida, dos acidentes de trânsito. Será um retrocesso”.

JUÍZ USA WHATSAPP PARA FAZER AUDIÊNCIA DE CONCILIAÇÃO E PARTES CHEGAM A ACORDO

O uso da tecnologia tem se tornado, cada vez mais, uma ferramenta importante para o trabalho de juízes e operadores do Direito, contribuindo para dar maior celeridade ao andamento dos processos e possibilitando a realização de audiências mesmo quando as partes se encontram em outro estado ou país.
No último dia 15, uma audiência de conciliação realizada por meio chamada de vídeo no aplicativo WhatsApp permitiu que um acordo pusesse fim a uma ação sobre pensão alimentícia que tramitava na 16ª Vara de Família de Fortaleza, localizada no Fórum Clóvis Beviláqua.
A iniciativa foi do juiz titular daquela unidade, Cléber de Castro Cruz. Como as partes residem em estados diferentes – pai e filha em Fortaleza e a mãe em São Paulo – o uso dessa ferramenta foi o meio encontrado para permitir que dialogassem entre si e pudessem, de forma rápida e sem custos, buscar uma solução consensual, o que acabou ocorrendo.
O magistrado explica que o pedido partiu da própria mãe, parte ré do processo, por meio de sua advogada. Ela alegou que não teria condições de arcar com os custos da viagem até Fortaleza para comparecer à audiência, pois isso comprometeria o próprio pagamento da pensão alimentícia da criança.
“Foi deferido o pedido, a outra parte concordou, e com a presença do Ministério Público, nós conseguimos fazer a audiência conciliatória. Tanto a parte que estava presente fisicamente quanto a que estava em São Paulo puderam fazer as suas considerações e nós chegamos ao bom termo de encerrar o processo com um acordo”, conta o juiz.
Sem o uso da tecnologia, seria necessário que o magistrado solicitasse à Justiça de São Paulo que esta intimasse a ré para apresentar suas propostas, as quais teriam que ser enviadas de volta à Vara de origem, tornando todo o trâmite bem mais demorado. “Pela forma convencional seria enviada uma carta precatória, para que a parte mandasse a proposta até o juízo e a proposta talvez não fosse aceita, então teríamos que entrar na instrução do processo”, disse o juiz.
Ele ressalta ainda que a audiência de conciliação até poderia ser feita sem a presença da parte, pois a advogada presente tinha poderes para transigir, mas dificilmente se chegaria a um acordo sem a participação direta daqueles que estão envolvidos no caso. “Na dinâmica da audiência de conciliação, as partes têm que colocar suas razões e a advogada não teria como fazer isso sem esse mecanismo”.
REDUÇÃO DE TEMPO E ECONOMIA
O magistrado afirma que foi a primeira vez que utilizou esse recurso para a realização de audiência, com as partes em locais distintos, mas a tendência é que se torne cada vez mais habitual, devido aos ganhos de tempo e economia de recursos que proporciona, sem qualquer prejuízo para as partes, tendo em vista que possibilita uma forma de interação bastante similar ao que acontece na audiência com a presença física de todos os envolvidos.
“Sempre que a parte fizer essa postulação, me parece que não há nenhum empecilho, o Código de Processo Civil diz que todos os mecanismos necessários para conseguir uma conciliação devem ser utilizados e foi isso que nós fizemos. Foi muito favorável, porque encerramos um processo, com as partes satisfeitas e o encerramento de mais uma causa na justiça”, comemora.

DEPUTADA ÉRIKA AMORIM RECEBE REPRESENTANTES DO SINDSEP DE CAUCAIA


A deputada estadual, Érika Amorim (PSD), recebeu, na quinta-feira (21/03), representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Caucaia (Sindsep). Na ocasião, a parlamentar reafirmou o caminho de diálogo já traçado pela atual administração, junto à categoria. “Desde que assumiu a gestão, o prefeito Naumi tem mantido um amplo debate com as questões relacionadas à valorização dos servidores públicos, sobretudo dos professores”, destacou Érika.

A deputada acrescentou que, enquanto parlamentar, seu gabinete estará sempre de portas abertas para reivindicações de categorias de classes, mas que há de se ter responsabilidade para entender a saúde financeira dos municípios. 

“Temos acompanhando as discussões da Mesa de Negociação Permanente e a gestão tem aguardado o fim da paralisação dos professores para apresentar a proposta de reajuste à categoria”, adiantou.

Erika também pontuou que a atual gestão tem mantido o pagamento do funcionalismo público em dia, implementado Plano de Cargos e Carreiras e pagamento de progressões, entre outras medidas. 

Para o magistério, por exemplo, em 2018, o acréscimo implementado sobre o salário base foi de 7%. Essas medidas de valorização fazem com que a categoria receba acima do Piso Nacional do Magistério e tenha o maior salário médio do Ceará, superando, inclusive, Fortaleza.

Um encontro entre técnicos das secretarias municipais de Finanças e de Educação e sindicalistas deve acontecer após o fim do movimento paredista, conforme determina a Lei (Decreto nº 285/11, que cria a Mesa Municipal de Negociação Permanente - MMNP).

‘NÃO HÁ ELEMENTOS DE CRIMES ELEITORAIS, HIPÓTESE É DE CRIME COMUM’, DIZ JUIZ

Na decisão de quinta-feira (21) que mandou prender o ex-presidente Michel Temer, o juiz Marcelo Bretas escreveu que não há elementos que indiquem a existência de crimes eleitorais na investigação. Portanto, na visão do magistrado, o caso é de competência da Justiça Federal.
O ponto destacado na decisão ocorre após a decisão da semana passada do Supremo Tribunal Federal (STF) que determinou que investigações que tratam de supostos crimes eleitorais são competência, agora, da Justiça Eleitoral.
No episódio desta quinta-feira envolvendo a prisão de Temer e o ex-ministro Moreira Franco, Bretas deixa claro que “no caso dos autos não há elementos que indiquem a existência de crimes eleitorais, razão pela qual deve ser reafirmada a competência constitucional desta Justiça Federal, o que, aliás, já foi expressamente reconhecido pelo Supremo Tribunal Federal”.

CAMILO SANCIONA LEI QUE TRANSFORMA O MAIS INFÂNCIA CEARÁ EM POLÍTICA PÚBLICA

A lei que transforma o Programa Mais Infância Ceará em política pública estadual será sancionada pelo governador Camilo Santana, nesta sexta-feira (22), às 9 horas, no Palácio da Abolição.
A solenidade contará com a presença da idealizadora do programa, a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana.
O Projeto de Lei do Executivo foi aprovado no último dia 28 de fevereiro pela Assembleia Legislativa, autorizando o Governo do Ceará a instituir o programa voltado para o desenvolvimento infantil como política pública estadual.
Patamar
Com a sanção o programa passa a um novo patamar de atuação com garantias de continuidade, já que sua regulamentação resguarda as conquistas já realizadas.
Serviço: Sanção da lei do Programa Mais Infância Ceará
Data: 22/03/2019
Horário: 9 horas
Local: Palácio da Abolição – Rua Silva Paulet, 400, Meireles

FACEBOOK: SENHAS DE MILHÕES DE USUÁRIOS FORAM ARMAZENADAS INDEVIDAMENTE

O vice-presidente de engenharia, segurança e privacidade do Facebook, Pedro Canahuati, informou na tarde de quinta-feira, 21, que, em janeiro, a companhia descobriu que senhas de milhões de usuários foram armazenadas em “formato legível” no sistema interno de armazenamento de dados da empresa, tendo em vista que o sistema é projetado “para sempre mascarar as senhas, usando técnicas que as tornam ilegíveis”. Canahuati afirmou, ainda, que a questão foi resolvida, mas enfatizou que, por precaução, os usuários que tiveram o armazenamento da senha alterado serão notificados.
“Essas senhas nunca estiveram visíveis para pessoas de fora do Facebook e não encontramos nenhuma evidência de que alguém internamente violou ou acessou indevidamente essas contas”, disse o executivo. De acordo com ele, a estimativa da companhia é de que serão notificados centenas de milhões de usuários do Facebook Lite, dezenas de milhões de usuários do Facebook e dezenas de milhares de usuários do Instagram. Com informações do Estadão Conteúdo.

A PALAVRA DO DIA

Evangelho (Mt 21,33-43.45-46)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Mateus.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, dirigindo-se Jesus aos chefes dos sacerdotes e aos anciãos do povo, disse-lhes: 33“Escutai esta outra parábola: Certo proprietário plantou uma vinha, pôs uma cerca em volta, fez nela um lagar para esmagar as uvas e construiu uma torre de guarda. Depois arrendou-a a vinhateiros, e viajou para o estrangeiro. 34Quando chegou o tempo da colheita, o proprietário mandou seus empregados aos vinhateiros para receber seus frutos.
35Os vinhateiros, porém, agarraram os empregados, espancaram a um, mataram a outro, e ao terceiro apedrejaram. 36O proprietário mandou de novo outros empregados, em maior número do que os primeiros. Mas eles os trataram da mesma forma. 37Finalmente, o proprietário, enviou-lhes o seu filho, pensando: ‘Ao meu filho eles vão respeitar’.
38Os vinhateiros, porém, ao verem o filho, disseram entre si: ‘Este é o herdeiro. Vinde, vamos matá-lo e tomar posse da sua herança!’ 39Então agarraram o filho, jogaram-no para fora da vinha e o mataram. 40Pois bem, quando o dono da vinha voltar, que fará com esses vinhateiros?”
41Os sumos sacerdotes e os anciãos do povo responderam: “Com certeza mandará matar de modo violento esses perversos e arrendará a vinha a outros vinhateiros, que lhe entregarão os frutos no tempo certo”.
42Então Jesus lhes disse: “Vós nunca lestes nas Escrituras: ‘A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se a pedra angular; isto foi feito pelo Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos’? 43Por isso eu vos digo: o Reino de Deus vos será tirado e será entregue a um povo que produzirá frutos”.
45Os sumos sacerdotes e fariseus ouviram as parábolas de Jesus, e compreenderam que estava falando deles. 46Procuraram prendê-lo, mas ficaram com medo das multidões, pois elas consideravam Jesus um profeta.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.