quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

PEQUENOS PRODUTORES CEARENSES RECEBEM MAIS DE R$ 1 MILHÃO EM APOIO À PRODUÇÃO AGRÍCOLA

Resultado de imagem para PRODUTO AGRICOLA
Agricultores familiares de Cariré, Porteiras, Cedro, Ereré, Morada Nova, Banabuiú, Boa Viagem, Potiretama, Horizonte, Reriutaba e Meruoca receberam um total de R$ 967.695,52 da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) pela venda de 147.257 Kg de produtos hortigranjeiros em 2019. A ação ocorreu por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que contemplou 14 projetos e envolveu 160 fornecedores e 40 Unidades Recebedoras. O programa conta ainda com R$ 1,2 milhão para investir em mais 15 projetos na modalidade de compra com doação simultânea, que deverão ser executados durante este ano.
Extrativistas do estado também tiveram apoio da Companhia com a subvenção pela venda de pequi, mangaba, umbu, macaúba e amêndoa de babaçu, com a Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade. O benefício ocorre quando os produtos atingem valores de mercado inferiores ao preço mínimo vigente. Para o pequi, 112 famílias acessaram a subvenção e receberam bônus R$ 98 mil relativo a 354 mil quilos do fruto comercializado. No caso da mangaba, foram pagos R$ 792 de bônus por 1.750 kg e pelo umbu, R$ 1.009 de subvenção referente a 3.400 kg do fruto. No total, 115 famílias residentes nos municípios de Porteiras e Missão Velha.

CEARÁ VAI RECEBER MAIS DE R$ 374 MILHÕES EM DOIS REPASSES DA COMPLEMENTAÇÃO DA UNIÃO AO FUNDEB

Resultado de imagem para FUNDEB
Ao longo do mês de janeiro, os Municípios e Estados, beneficiados com a complementação da União ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), recebem, dois repasses referentes a esta complementação. Essas transferências somadas, chegam ao montante de R$ 4,5 bilhões. O Ceará vai receber R$ 374.765.125,61. Os recursos devem ser creditados no dia 31 de janeiro.
O primeiro repasse é do resíduo da complementação ao Fundeb referente a 2019 e totaliza R$ 2,2 bilhões. Já o segundo faz parte do primeiro repasse da complementação federal de 2020 e soma R$ 2,3 bilhões. Essa situação ocorre somente no mês de janeiro, em razão de serem agregados o repasse normal para o mês e existir um resíduo do ano anterior a ser repassado.
Isso acontece porque, ao longo de cada ano, a União repassa somente 85% do total do valor dessa complementação. Conforme o artigo 6º da Lei 11.494/2007, os 15% restantes devem ser pagos até o dia 31 de janeiro do ano seguinte. Os repasses serão realizados nas contas do Fundeb de Estados e Municípios do Amazonas, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco e Piauí. Esses entes têm direito a esses recursos, pois recebem transferências federais do Fundeb a título de complementação.
Veja os valores do Ceará.

PREFEITO IVO GOMES INAUGURA O DERBY RESIDENCE NESTA QUARTA-FEIRA


O prefeito Ivo Gomes inaugura oficialmente, nesta quarta-feira (29/01), o Derby Residence, no bairro Jocely Dantas. As 16 famílias que estão habitando o residencial estavam incluídas no Programa de Aluguel Social, pois se encontravam em uma área de risco e precisaram sair de suas antigas habitações. No local, a Prefeitura está construindo a continuação da Margem Esquerda do Rio Acaraú (Travessa Benjamim, bairro Pedrinhas).

O residencial é fruto de uma parceria público privado. A Prefeitura de Sobral cedeu o terreno e a Empresa Conviver Urbanismo construiu as casas. Cada unidade custou em torno de R$ 35 mil. As casas possuem dois quartos, banheiro, cozinha, sala de estar e um terreno remanescente de 7 metros, que pode ser utilizado para a ampliação das moradias.

“A união de esforços entre o poder público e o setor privado pode gerar benefícios para a cidade, como a melhoria da habitação. O Derby Residente é fruto dos esforços da gestão em beneficiar quem mais precisa”, disse a secretária da Secretaria do Urbanismo e Meio Ambiente, Marília Ferreira Lima.

A PALAVRA DO DIA

Evangelho (Mc 4,1-20)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 1Jesus começou a ensinar de novo às margens do mar da Galileia. Uma multidão muito grande se reuniu em volta dele, de modo que Jesus entrou numa barca e se sentou, enquanto a multidão permanecia junto às margens, na praia.
2Jesus ensinava-lhes muitas coisas em parábolas. E, em seu ensinamento, dizia-lhes: 3“Escutai! O semeador saiu a semear. 4Enquanto semeava, uma parte da semente caiu à beira do caminho; vieram os pássaros e a comeram. 5Outra parte caiu em terreno pedregoso, onde não havia muita terra; brotou logo, porque a terra não era profunda, 6mas, quando saiu o sol, ela foi queimada; e, como não tinha raiz, secou. 7Outra parte caiu no meio dos espinhos; os espinhos cresceram, a sufocaram, e ela não deu fruto.
8Outra parte caiu em terra boa e deu fruto, que foi crescendo e aumentando, chegando a render trinta, sessenta e até cem por um”. 9E Jesus dizia: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça”. 10Quando ficou sozinho, os que estavam com ele, junto com os Doze, perguntaram sobre as parábolas. 11Jesus lhes disse: “A vós, foi dado o mistério do Reino de Deus; para os que estão fora, tudo acontece em parábolas, 12para que olhem mas não enxerguem, escutem mas não compreendam, para que não se convertam e não sejam perdoados”.
13E lhes disse: “Vós não compreendeis esta parábola? Então, como compreendereis todas as outras parábolas? 14O semeador semeia a Palavra. 15Os que estão à beira do caminho são aqueles nos quais a Palavra foi semeada; logo que a escutam, chega Satanás e tira a Palavra que neles foi semeada. 16Do mesmo modo, os que receberam a semente em terreno pedregoso, são aqueles que ouvem a Palavra e logo a recebem com alegria, 17mas não têm raiz em si mesmos, são inconstantes; quando chega uma tribulação ou perseguição, por causa da Palavra, logo desistem. 18Outros recebem a semente entre os espinhos: são aqueles que ouvem a Palavra; 19mas quando surgem as preocupações do mundo, a ilusão da riqueza e todos os outros desejos, sufocam a Palavra, e ela não produz fruto. 20Por fim, aqueles que recebem a semente em terreno bom são os que ouvem a Palavra, a recebem e dão fruto; um dá trinta, outro sessenta e outro cem por um”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

INFORME PUBLICITÁRIO

terça-feira, 28 de janeiro de 2020

PALOMA AGUIAR, EX VEREADORA DE GRANJA ESTÁ INELEGÍVEL POR 08 ANOS


O mandato da vereadora Paloma Aguiar foi cassado na manhã do dia 23/01/2020, por quebra de decoro parlamentar em razão da comprovação da falsificação de assinaturas em documentos públicos, no pleno exercício da função parlamentar.

A cassação de mandato parlamentar por quebra de decoro atrai a incidência da inelegibilidade do art. 1°, I, b, da LC n° 64/90, que assim dispõe: “os membros do Congresso Nacional, das Assembleias Legislativas, da Câmara Legislativa e das Câmaras Municipais, que hajam perdido os respectivos mandatos por infringência do disposto nos incisos I e II do art. 55 da Constituição Federal, dos dispositivos equivalentes sobre perda de mandato das Constituições Estaduais e Leis Orgânicas dos Municípios e do Distrito Federal, para as eleições que se realizarem durante o período remanescente do mandato para o qual foram eleitos e nos oito anos subsequentes ao término da legislatura”.

Dessa forma, por violação ao art. 55, incisos I e II da Constituição Federal de 1988, a ex-vereadora Paloma Aguiar encontra-se inelegível por 8 (oito) anos, ou seja, até 23/01/2028.

DEFINIDA TABELA DA SEGUNDA FASE DO CAMPEONATO CEARENSE


Definidos os rebaixados (Horizonte e Floresta) e o campeão do primeiro turno (Guarany de Sobral), o Campeonato Cearense entra em uma nova fase já nesta terça-feira (28). Agora com Ceará e Fortaleza, a competição se mantém com o mesmo formato, sendo sete rodadas e jogos apenas de ida.
Os mandos de campo já foram sorteados, na noite deste domingo, 26, na sede da Federação Cearense de Futebol. Ceará, Ferroviário, Pacajus e Barbalha ficaram com um mando a mais que Fortaleza, Atlético-CE, Caucaia e Guarany-S.
O Clássico-Rei, que está previsto para a 7ª rodada, terá o Ceará como mandante. Os jogos da primeira rodada já estão definidos. Confira abaixo:
Terça – 28/1:
Caucaia x Fortaleza – PV, 21 horas
Quarta – 29/1:
Pacajus x Barbalha – Ronaldão, 15h30
Guarany-S x Atlético-CE – Junco, 20 horas
Ceará x Ferroviário – PV, 21h30
Mandos de campo:
— Guarany manda jogos contra: Fortaleza, Atlético, Pacajus
— Fortaleza manda jogos contra: Atlético, Pacajus, Barbalha
— Ceará manda jogos contra: Ferroviário, Caucaia, Guarany, Fortaleza
— Atlético manda jogos contra: Ceará, Pacajus, Barbalha
— Ferroviário manda jogos contra: Fortaleza, Caucaia, Guarany, Atlético
— Caucaia manda jogos contra: Fortaleza, Atlético, Guarany
— Pacajus manda jogos contra: Ceará, Ferroviário, Barbalha, Caucaia
— Barbalha manda jogos contra: Ceará, Ferroviário, Caucaia, Guarany

MANDATO PARTICIPATIVO DE AJ ALBUQUERQUE: CEARENSES ESCOLHEM HOSPITAL QUE RECEBERÁ EMENDA

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e terno

O deputado federal AJ Albuquerque (PP-CE), parlamentar progressista cearense, inova com um Mandato Participativo, em ação que oportunizará a população do Ceará decidir o destino de R$ 100 mil em emendas parlamentares para um Hospital Público, em que o cidadão cearense vai indicar através de um vídeo publicado no feed do instragram do participante.
Através do Instagram, os cearenses, independente de cor partidária ou região do Estado, devem publicar um vídeo de (1 min) um minuto marcando o deputado @albuquerque.aj - dizendo o nome do Hospital e a Cidade em que o mesmo está localizado.
"A nossa intenção é beneficiar cada vez mais municípios com o Mandato Participativo, ampliando os recursos para contemplar as famílias cearenses em todas as Regiões do Ceará, ”, destaca AJ Albuquerque. 


UNIVERSIDADES SUSPENDEM PROCESSOS SELETIVOS

Pelo menos três universidades federais do País decidiram suspender seus processos seletivos até que o Ministério da Educação (MEC) comprove ter superado todas as falhas na correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).
As instituições têm modelos próprios de ingresso, mas utilizam a nota do exame para compor a o processo de seleção. São os casos da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), de Santa Catarina (UFSC) e do Pará (UFPA).

VOLTA DO RECESSO REACENDE COBRANÇAS NA BASE DO GOVERNO CAMILO


Ter uma base ampla de apoio, com 37 dos 46 deputados estaduais na Assembleia Legislativa e 16 dos 22 deputados na Câmara Federal, tem os seus preços para o governador Camilo Santana (PT). As pressões para atender às reivindicações dos aliados, como liberação de verbas ou acomodação em cargos, tendem a aumentar neste ano de eleição. No momento, parlamentares da bancada federal cearense que não se reelegeram esperam um rodízio de licenças para assumiram uma vaga.
Quem está nessa expectativa é o ex-deputado Aníbal Gomes (DEM). Primeiro suplente da coligação formada pelo PDT - PTB - DEM - PSB - PRP - PPL, Aníbal já exerceu a suplência entre maio e setembro do ano passado, com a indicação do deputado federal Mauro Filho (PDT), para a Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado (Seplag), e quer assumir, de novo, a cadeira na Câmara Federal.
Não é à toa que o suplente de deputado quer voltar à Câmara. No exercício do mandato, Aníbal tem direito às emendas parlamentares - pedidos de verbas no Orçamento federal para obras e projetos nos municípios - e, com essa estrutura, ele pode manter influência política nos municípios que são suas bases eleitorais, no seu caso, na região do Baixo Acaraú.
Além do mais, Aníbal enfrentou disputa por votos, nas últimas eleições de 2018, com o deputado Robério Monteiro (PDT), também da base aliada, nos municípios de Acaraú e Itarema. Neste ano, que tem eleição municipal, essa disputa deve se acirrar, porque eles querem eleger seus grupos aliados. Robério, por exemplo, deve lançar a esposa, Ana Flávia Monteiro, candidata à Prefeitura de Acaraú.
Força-tarefa
É por isso que, nos bastidores, Aníbal demonstra o desejo de assumir a cadeira de deputado federal. Em pelo menos duas ocasiões, ele já tratou do assunto com o governador. Segundo aliados, há uma força-tarefa em curso no Palácio da Abolição para tentar contemplar Aníbal. Mas, para isso, um dos deputados da coligação precisa se licenciar do mandato.
Mauro Filho é cogitado. No entanto, ele já sinalizou que só pretende retornar para a Seplag depois da votação da reforma Tributária na Câmara, estipulada para acontecer até abril. Por ser especialista em finanças públicas, Mauro Filho é requisitado pelo seu partido, o PDT, para participar dessa discussão.
Enquanto isso, outros deputados da bancada do PDT são sondados para tirar licença, como Leônidas Cristino, que já teria sido consultado no ano passado. Já Robério Monteiro seria uma troca mais delicada de acontecer, uma vez que ele e Aníbal Gomes são adversários. O presidente interino do PDT no Ceará, senador licenciado Cid Gomes, também tem feito parte das articulações.
Aníbal, por outro lado, minimiza pretensões imediatas de assumir cargo, mas ressalta promessas feitas a ele anteriormente sobre a situação. "O governador tinha me dito que (o Mauro Filho) saía (da Câmara), no final de novembro, para assumir a Secretaria. Agora, eu não fico perguntando ao governador, eu fico um pouco constrangido", esquiva-se o suplente.
Estratégias
A ex-deputada Gorete Pereira (PL) é outra aliada que espera retornar para a Câmara. No ano passado, o governador ainda tentou articular para um deputado da coligação dela, formada pelo PT, PCdoB, PP, PV, PL e PMN, tirar licença e Gorete assumir a vaga, mas não teve êxito.
Na época, o deputado federal José Guimarães (PT) foi sondado. Na montagem do primeiro escalão do Governo Camilo, no início de 2019, ofereceram a ele a Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), hoje ocupada pelo colega de partido, Francisco de Assis Diniz, no entanto, o parlamentar recusou.
O deputado federal José Airton, também do PT, foi outro nome consultado. O petista disse que recusou porque queria participar da votação da reforma da Previdência. Nos bastidores, porém, José Airton disse a deputados que não valeria a pena trocar o mandato na Câmara por cargos no Governo do Estado.
Outros parlamentares como Antônio José Albuquerque (PP) e Jaziel Pereira (PL) foram consultados para tirar licença e assumir Pastas, mas também sem êxito. As negociações de cargos no Governo envolveram até a deputada federal Luizianne Lins (PT). Em troca, ela ficaria de fora da disputa pela Prefeitura de Fortaleza. O que também não avançou.
Em meio às investidas sem sucesso, na ocasião de 27 de junho, o governador nomeou Gorete Pereira como Assessora Executiva de Relações Institucionais. Nos bastidores, aliados dizem que a ex-parlamentar não está satisfeita, porque assumir uma cadeira na Câmara, mesmo que, temporariamente, poderia ajudá-la a fortalecer suas bases eleitorais em 2020, já pensando no pleito de 2022.
Esse esforço no grupo governista para acomodar os aliados e atender aos acordos existe, segundo interlocutores do Palácio da Abolição, mirando conciliar os interesses dos apoiadores nas eleições municipais. As negociações para essa dança das cadeiras envolvem, muitas vezes, o apoio do governo aos grupos políticos ligados aos parlamentares no Interior.
Deputados devem cobrar liberação da verba de emendas 
Outra questão que promete ser alvo de cobranças dos deputados estaduais neste ano são as emendas parlamentares. Todo ano, eles têm direito a indicar R$ 1 milhão em verbas para obras e projetos nos municípios, ao Orçamento do Estado, pelo Programa do Pacto de Cooperação Federativa (PCF). 
Essas emendas não são impositivas, ou seja, o governo estadual não é obrigado a pagar, mas, o governo libera, principalmente, para a base aliada, como forma de agrado. Acontece que, em 2019, os parlamentares reclamaram, nos bastidores, do atraso na liberação dessas verbas, e para este ano de eleição, esses recursos são considerados estratégicos para fortalecer as bases dos candidatos.
O deputado Sérgio Aguiar (PDT) aponta essa expectativa. “O que houve de pagamento em 2019 foi de boa parte das emendas de 2018, sequer os convênios foram celebrados em sua totalidade. A expectativa que nós temos é de que até o período estabelecido pela
legislação eleitoral a gente tenha a conclusão da liberação das emendas de 2019, para que os municípios possam executar as suas obras”. 
Já o assessor de Relações Institucionais, Nelson Martins, disse que todas as emendas parlamentares de 2019 foram autorizadas para pagamento. “Da parte do Estado, ele liberou todas, não teve pendência. O PCF foi criado para que o Estado pudesse ajudar naquelas ações que são competência direta dos municípios, por exemplo, fazer estradas vicinais, então, às vezes, acontece algum problema e tem que procurar saber quais são as outras causas”, ponderou. 
O deputado Audic Mota (PSB), autor de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), na Assembleia, para tornar as emendas impositivas, defende que, independentemente das eleições, a liberação das verbas deve seguir regras. “A sugestão é que a liberação das emendas passe a ser fundo a fundo, ou seja, o Estado repassa o dinheiro para os municípios e os municípios prestam contas”, pontua Audic. 
(Diário do Nordeste)

PESQUISAS ELEITORAIS - ELEIÇÕES 2020

As entidades e empresas que realizarem pesquisas de opinião pública relativas às Eleições 2020 ou a candidatos, para conhecimento público, devem registrar, junto à Justiça Eleitoral, as informações constantes no art. 33 da Lei no 9.504/1997, a partir do dia 1º de janeiro e até cinco dias antes da divulgação de cada resultado, conforme disciplinamento da Res.-TSE nº 23.600, de 12.12.2019.
Para o registro de pesquisa, é obrigatória a utilização do sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle), disponível nos links ao final da página (abaixo).
Todas as entidades e empresas deverão realizar o seu cadastramento no sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais (PesqEle). Aquelas que tiverem realizado registro de pesquisa em eleições anteriores não precisam efetuar novo cadastramento.
O registro das pesquisas é procedimento estritamente eletrônico, realizado via Internet e a qualquer tempo, independentemente do horário de funcionamento das secretarias dos tribunais eleitorais.
As informações e os dados registrados no sistema ficarão à disposição de qualquer interessado pelo prazo de 30 dias.

CHUVAS NO CEARÁ DEVEM CONTINUAR ATÉ QUARTA-FEIRA, PREVÊ FUNCEME


Chuva e forte rajada de vento marcaram a manhã de domingo (26) em Fortaleza.  — Foto: Gustavo Pellizzon/Sistema Verdes Mares
As chuvas vistas nos últimos dias devem continuar no Ceará até a próxima quarta-feira (29), segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). A previsão divulgada na segunda-feira (27) foi feita a partir de análise das atuais condições de tempo e resultados de modelos numéricos.
Na parte do Nordeste que compreende principalmente o interior do Ceará, devem ser atingidas pelas chuvas entre estas segunda e terça-feira (27 e 28), em razão da influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). O fenômeno trata-se de um corredor de umidade que está atuando na porção sul da região.
Outro fator que contribui para a instabilidade é a ação de ventos alísios convergindo entre o Ceará e o Rio Grande do Norte.
Nos próximos dias em Fortaleza, especificamente, as precipitações devem ter mais força, concentrando-se entre a madrugada e a manhã.
(G1CE)

A PALAVRA DO DIA

Evangelho (Mc 3,31-35)
— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Marcos.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 31chegaram a mãe de Jesus e seus irmãos. Eles ficaram do lado de fora e mandaram chamá-lo. 32Havia uma multidão sentada ao redor dele. Então lhe disseram: “Tua mãe e teus irmãos estão lá fora à tua procura”. 33Ele respondeu: “Quem é minha mãe, e quem são meus irmãos?” 34E olhando para os que estavam sentados ao seu redor, disse: “Aqui estão minha mãe e meus irmãos. 35Quem faz a vontade de Deus, esse é meu irmão, minha irmã e minha mãe”.
— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

O MELHOR CARNAVAL: BODEGA DO J FESTEJARÁ 10 ANOS NA MERUOCA

A edição do Carnaval 2020, nas ladeiras da Serra da Meruoca (Zona Norte) festejará os 10 Anos do CARNAVAL DA BODEGA DO J.  
Tendo como atrações Paulo Calado; Leo Frennesy; Pedrinho Ordep e Samuel Lima, o Carnaval CARNAVAL DA BODEGA DO J é puxado pelo TRIO BODEGÃO.
A festa que tem o maior custo benefício e segurança (dentro e fora das cordas) acontece em três dias (22, 23 e 24 de Fevereiro), na bela Serra da Meruoca, reunindo foliões, famílias e crianças tornando o ambiente agradável e festivo do período momino, atraindo um grande público. ,
No domingo (23) e segunda-feira (24) a festa carnavalesca também contará com a #ArenaBodegadoJ, no Ytacaranha Park Hotel de Serra.
Há 10 anos é presença confirmada.
Siiiiiimbora cair na Folia‼💥🎶🎉🎊

O PROBLEMA DO ENEM

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anda meio sumido das redes sociais. Não por acaso, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) vive um imbróglio há mais de dez dias. O último capítulo aconteceu na noite de ontem, quando a Justiça rejeitou pedido da Advocacia-Geral da União (AGU) para derrubar a decisão que suspende a divulgação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) assim que as inscrições forem encerradas – às 23h59 de ontem.
A AGU promete recorrer da decisão da presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), desembargadora Therezinha Cazerta. Com a decisão, o Sisu segue impedido de divulgar, amanhã, os resultados dos aprovados no Enem.
A desembargadora cobrou transparência no Enem. Segundo ela, as razões que levaram à suspensão do Sisu na primeira instância não foram sanadas. O processo que impede a divulgação das notas começou com uma ação da Defensoria Pública da União por causa dos 5.974 candidatos que receberam notas erradas.


Os problemas no Enem de 2019 começaram após uma série de reclamações por parte dos estudantes após o recebimento das notas. O ministro da Educação admitiu falhas no gabarito do Enem e falou em “inconsistências” na correção das provas.

PREFEITURA DE SOBRAL EMPOSSA 203 PROFESSORES EFETIVOS NA REDE MUNICIPAL DE ENSINO

O Prefeito de Sobral, Ivo Gomes, e o Secretário da Educação, Herbert Lima, empossaram na noite da última quinta-feira (23/01), os 203 professores aprovados no concurso público realizado em 2018. A solenidade ocorreu no auditório do Centro de Educação a Distância (CED), com a participação de diretores e coordenadores das escolas municipais, além de familiares dos professores empossados. Essa é a quarta solenidade de posse de professores realizada nesta gestão. Ao todo, 529 professores efetivos foram empossados.
O secretário da Educação parabenizou os professores e destacou. "Vocês estão entrando em desafios que muitos dos colegas de vocês, sejam professores efetivos ou temporários, estão atravessando nesse momento. Desafios esses que são fundamentais para que a gente possa não só garantir e continuar o trabalho de excelente qualidade que já foi muito bem citado aqui, e que é de conhecimento de todos em relação ao ensino público no espaço de Sobral ”, disse Herbert Lima,
O prefeito Ivo Gomes deu as boas-vindas aos novos professores. ’’Parabéns, a vocês! Boa sorte! sejam felizes e continuem garantindo que Sobral garanta à nossa criançada e aos nossos adolescentes uma chance na vida, a chance através do conhecimento. ’’ Na ocasião, o prefeito assinou o projeto de Lei do reajuste salarial do magistério de 12,84%, percentual estabelecido pelo Ministério da Educação (MEC).
Foram empossados professores das áreas de Língua Portuguesa (59), Matemática (26), Ciências (30), Geografia (20), História (18), Educação Física (19), Artes (11) e Inglês (6) para atuarem nos anos finais do Ensino Fundamental (6° ao 9° ano); e de Pedagogia (14) para atuarem nos anos iniciais do Ensino Fundamental (1° ao 5° ano) da rede pública municipal de ensino. Os novos servidores assumirão as salas de aula no dia 3 de fevereiro, início do ano letivo nas escolas municipais
Também participaram da solenidade a vice-prefeita Christianne Coelho; representando o legislativo, a vereadora Socorrinha Brasileiro; o presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Sobral, Gilvan Azevedo; o diretor-presidente da Escola De Formação Permanente do Magistério e Gestão Educacional (Esfapege), Amaury Gomes; e os técnicos da Secretaria da Educação de Sobral.

APOSENTADORIA DE SERVIDORES BATE RECORDE E CHEGA A 36 MIL EM 2019


Michael Melo/Metrópoles
Nunca o servidor público se aposentou tanto no Brasil. O ano de 2019 terminou quebrando o recorde histórico de 36 mil funcionários do governo indo para a inatividade. O índice é 91% maior que o de 2018, quando o total de desligamentos por tempo de trabalho chegou a 18.837.
A corrida pela aposentadoria acontece após as mudanças implementadas pela reforma da Previdência e deve movimentar o funcionalismo público federal por mais tempo. O Ministério da Economia estima que uma média de 25 mil servidores deixem os quadros do governo federal a partir deste ano, o primeiro com as novas regras. 
O número de aposentadorias registrado no ano passado iguala ao de 1995, quando 36.869 servidores deixaram os quadros do governo federal — até então, o recorde da série histórica iniciada naquele ano. Além de esvaziar os quadros públicos, a aposentadoria de servidores representa aumento de gastos para o governo com a Previdência.

INICIADA COMPRA DE MAIS DE 7,6 MIL BICICLETAS ESCOLARES

Para facilitar o deslocamento, a bicicleta voltará a ser mais uma alternativa no acesso de estudantes às escolas públicas. Depois de nove anos, o Ministério da Educação (MEC) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) iniciaram um novo processo de compra de 7.636 bicicletas escolares. As últimas atas para aquisição desse tipo de veículo foram publicadas em 2011.
A bicicleta pode diminuir o esforço diário de alunos que chegam a percorrer a pé, diariamente, de 3 a 15 quilômetros para chegar à escola ou ao ponto onde passa o ônibus escolar, conforme estudos do FNDE. Com os veículos, o MEC tem objetivo de diminuir a evasão escolar e melhorar a qualidade do transporte escolar, principalmente em áreas rurais e ribeirinhas.
Disponíveis em dois tamanhos — aro 20 e 26 —, as bicicletas têm quadro reforçado, selim anatômico, para-lamas, descanso lateral, espelho retrovisor, campainha e refletores. Também são ofertados uma bomba manual para encher o pneu, ferramentas e capacetes de segurança.
Aquisição – Estados, Distrito Federal e municípios interessados em adquirir as bicicletas devem acessar o Sistema de Gerenciamento de Atas de Registros de Preço (Sigarp) do FNDE.