sexta-feira, 27 de março de 2015

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO GARANTE RENOVAÇÃO DE TODOS OS CONTRATOS DO FIES

O diretor de Gestão de Fundos e Benefícios do Ministério da Educação (MEC), Antônio Corrêa Neto, garantiu que todos os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) serão renovados. O programa beneficia atualmente 1,9 milhão de estudantes, que terão até 30 de abril para aditar seus contratos. Se necessário, o prazo será estendido, informou Corrêa.
— O ministro tem dito e repetido, e eu confirmo aqui: está garantido o aditamento de 1,9 milhão de contratos. Esse negócio de falar que o MEC está travando o sistema de propósito é faltar coma verdade. Não precisa de ansiedade. E o MEC não está fazendo favor, tem obrigação de renovar os contratos  afirmou.

AVNEH VINNY NA CAPA DA REVISTA ALTERNATIVA

Circula a partir desta sexta-feira (27), a nova edição da Revista Alternativa, produzida por Marques Araújo, e que traz uma reportagem especial sobre o cantor sobralense Avneh Vinny, sucesso em todo o Nordeste com sua banda Xé Pop, além de uma resumo da atuação do ex-ministro Cid Gomes no Congresso Nacional, quando, de dedo em riste, desafiou o 'todo poderoso' presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, acusando-o de achacador-mor da presidente Dilma Rousseff, e de muitos outros temas relevantes no cotidiano sobralense. 

A Revista Alternativa pode ser adquirida no Becco do Cotovelo; nos Postos São Domingos, na Farmácia O Lima, na Livraria Nobel, na Max Livros e na revistaria da rodoviária. Pedidos em domicílio ligue (88) 3111.2773 ou 9700.9752

DILMA NÃO QUER BRIGA AGORA COM A IMPRENSA

Nas conversas para preencher a vaga deixada em aberto com a saída do ministro da Comunicação Social, Thomas Traumann, auxiliares da presidente têm repetido à exaustão uma frase: não é hora de ter atritos com a imprensa, avalia Clarissa Oliveira, no blog Poder Online.
Dedus a colunista que daí vem a demora da presidente em escolher exatamente qual será o perfil do novo ministro. Uma ala defende que seja um jornalista com nome bem consolidado na imprensa, outra defende um político para o posto. Seja qual for a decisão final, a presidente Dilma Rousseff tem indicado que espera um perfil conciliador para o novo ministro.
Sobre o mesmo assundo, diz Lauro Jardim, na sua coluna da Veja Online: ‘’Apesar de setores mais radicais do PT pressionarem por um nome que estimularia o conflito com a imprensa e direcionaria as verbas de propaganda para os blogueiros amigos, o Palácio do Planalto trabalha com a ideia de outro tipo de sucessor de Thomas Traumann, na Secom.
Dilma Rousseff pensa num jornalista de peso ou algum dirigente do PT da ala moderada.’’

MOSES RODRIGUES RECEBE TÍTULO DE CIDADÃO MIRAIMENSE

Nesta semana, a Câmara de Vereadores do Município de Miraíma concedeu ao deputado federal Moses Rodrigues (PPS-CE) o título de “Cidadão Miraimense”. O Projeto de Lei de autoria do vereador Cristiano Teixeira (PP-CE) confere ao parlamentar a comenda em “reconhecimento pelos relevantes trabalhos prestados ao município”.

“Para mim é uma grande honra receber o título de cidadão miraimense. Conheço a cidade, seu povo e sei como lutam pelo desenvolvimento local. É isso que desperta em mim o desejo de trabalhar mais pela população. Vou continuar atuando e buscando o crescimento de nosso Estado. Meu compromisso é com o povo e é por ele que vou dedicar minha gestão”, destacou Moses Rodrigues.

PROFISSIONAIS DA ÁREA DA SAÚDE PODE ACUMULAR APOSENTADORIAS

É possível a acumulação de dois cargos na área da saúde, por estar prevista no artigo 17, parágrafo 2º, do Ato das Disposições Constitucionais Transitórias (ADCT) da Constituição Federal. Assim entendeu a 1ª Turma do Supremo Tribunal Federal, ao anular um acórdão do Tribunal de Contas da União que considerava ilegais as duas aposentadorias recebidas por uma enfermeira que atuou na Administração Pública federal.
A mulher exerceu cumulativamente dois cargos privativos de profissionais de saúde, tendo se aposentado pela Universidade Federal da Paraíba em 1991 e pelo Ministério da Saúde em 1999. Em 2010, o TCU julgou ilegal a acumulação, alegando incompatibilidade de carga horária, e determinou que a enfermeira escolhesse a aposentadoria mais vantajosa.
A enfermeira apresentou Mandado de Segurança contra a decisão do Tribunal de Contas. Apontou que os pagamentos já haviam sido considerados regulares por comissões internas dos dois órgãos e também em sentença na Justiça do Trabalho. Em parecer, a Procuradoria Geral da República foi favorável à autora, por entender que os documentos apresentados nos autos comprovam que a carga horária não ultrapassava 30 horas semanais em cada instituição.

CÂMARA APROVA PENA MAIOR PARA CRIMES CONTRA POLICIAIS

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na quinta-feira (26), projeto que torna homicídio qualificado e crime hediondo assassinar policial, bombeiro militar, integrante das Forças Armadas, do sistema prisional e da Força de Segurança Nacional, quando esses profissionais estiverem em serviço.
O agravamento do crime também se estende ao cônjuge, companheiro ou parente até 3º grau do agente público de segurança, quando o delito for motivado pela ligação familiar. Em todos esses casos, a pena será de reclusão, de 12 a 30 anos. O homicídio simples prevê pena menor (reclusão de seis a 20 anos).
Atualmente, já é homicídio qualificado o cometido por motivo fútil, mediante encomenda, contra a mulher em razão de sua condição de sexo feminino (feminicídio), entre outros.

A PALAVRA DO DIA

Evangelho (Jo 10,31-42)

— O Senhor esteja convosco.
— Ele está no meio de nós.
— Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.
— Glória a vós, Senhor.
Naquele tempo, 31os judeus pegaram pedras para apedrejar Jesus. 32E ele lhes disse: “Por ordem do Pai, mostrei-vos muitas obras boas. Por qual delas me quereis apedrejar?”
33Os judeus responderam: “Não queremos te apedrejar por causa das obras boas, mas por causa de blasfêmia, porque sendo apenas um homem, tu te fazes Deus!” 34Jesus disse: “Acaso não está escrito na vossa Lei: ‘Eu disse: vós sois deuses’?
35Ora, ninguém pode anular a Escritura: se a Lei chama deuses as pessoas às quais se dirigiu a palavra de Deus, 36por que então me acusais de blasfêmia, quando eu digo que sou Filho de Deus, eu a quem o Pai consagrou e enviou ao mundo? 37Se não faço as obras do meu Pai, não acrediteis em mim. 38Mas, se eu as faço, mesmo que não queirais acreditar em mim, acreditai nas minhas obras, para que saibais e reconheçais que o Pai está em mim e eu no Pai”.
39Outra vez procuravam prender Jesus, mas ele escapou das mãos deles. 40Jesus passou para o outro lado do Jordão, e foi para o lugar onde, antes, João tinha batizado. E permaneceu ali. 41Muitos foram ter com ele, e diziam: “João não realizou nenhum sinal, mas tudo o que ele disse a respeito deste homem, é verdade”. 42E muitos, ali, acreditaram nele.

— Palavra da Salvação.
— Glória a vós, Senhor.

quinta-feira, 26 de março de 2015

PARLAMENTARES APROVAM MOÇÃO DE REPÚDIO A PRESIDENTE DA CÂMARA EDUARDO CUNHA

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou, em votação durante a sessão plenária desta quinta-feira (26/03), requerimento de moção de repúdio à decisão do presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), de expulsar parlamentares do Plenário e das galerias da Casa no último dia 18 de março. Na ocasião, os deputados cearenses assistiam à sessão em que o ex-ministro da Educação Cid Gomes fazia explanação em audiência geral, após ser convocado pela Câmara.
De acordo com o autor do requerimento, deputado Welington Landim (Pros), a atitude antidemocrática do presidente da Câmara dos Deputados vai de encontro às prerrogativas dos parlamentares, que ficaram em uma situação constrangedora. Segundo ele, devem partir do Legislativo exemplos democráticos e de boas relações institucionais.  “Na verdade, nós fomos expulsos inicialmente do Plenário, o presidente abriu a sessão e já pediu que fôssemos retirados. Houve a grosseria com todos que ali estavam. Esse meu repúdio é pela falta de respeito, por termos sido tratados dessa maneira”, afirmou.  
Os deputados de oposição Renato Roseno (Psol) e Carlos Matos (PSDB) também se posicionaram a favor da moção de repúdio proposta por Welington Landim.
Para Renato Roseno, há de fato uma conspiração na sociedade brasileira e na política nacional. “Eu também quero repudiar a atitude do presidente em relação aos parlamentares; agora, é preciso lembrar que atitudes como essas acontecem com sem-terras e professores, que muitas vezes saem ensanguentados de sessões. Só tem autoridade quem tem serviço, portanto, aqueles que votarem nessa moção de repúdio devem manter o maior exemplo de serviço, que é deixar a Casa aberta para as manifestações democráticas”, afirmou.
Já os deputados Capitão Wagner (PR), Danniel Oliveira (PMDB), Dra. Silvana (PMDB), Tomaz Holanda (PPS) e Audic Mota (PMDB) se posicionaram contra o requerimento proposto. Segundo Capitão Wagner, Cid Gomes poderia ter recebido voz de prisão pelas atitudes na tribuna daquela Casa.  “Eu acho que o presidente da Câmara foi muito frio. A pessoa apontar o dedo na sua cara e chamar de bandido. Ele poderia muito bem ter dado voz de prisão”, disse.
Para Danniel Oliveira, é preciso cautela com relação à moção de repúdio. O parlamentar afirmou que a aprovação do documento pode aferir a relação entre os dois poderes. “Eu gosto da boa harmonia. Um requerimento desses contra um presidente e uma instituição só vem prejudicar ainda mais um estado em que o governador vai exaustivamente com um pires na mão a Brasília e lá precisa de todos”, pontuou.
Os deputados Ferreira Aragão (PDT), Fernando Hugo (SD), Carlos Felipe (PCdoB), Professor Teodoro (PSD), Tin Gomes (PHS) e Elmano Freitas (PT) também criticaram a postura do presidente da Câmara. Já o deputado Ely Aguiar criticou a discussão do requerimento, afirmando que a Casa teria coisas mais importantes para serem discutidas. O requerimento foi aprovado com 25 votos a favor, 08 contrários e uma abstenção.
Durante a sessão, outros 212 requerimentos também foram aprovados no plenário da Casa. (AL/CE)

TRE DECIDE REALIZAR NOVA ELEIÇÃO EM ARARIPE

Por unanimidade, a Corte do TRE decidiu, na semana passada, pela realização de nova eleição para prefeito e vice-prefeito no município de Araripe. O relator da petição n.º1334-10.2014.6.06.0000 foi o juiz Luís Praxedes Vieira da Silva, acompanhado no seu voto pelos demais juizes do Pleno.
Os diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Araripe, José Humberto Germano Correia e Guilherme Lopes de Alencar, eleitos em 2012, foram cassados pelo TRE/CE por abuso de poder político, em face da contratação de servidores públicos, em caráter temporário, no período vedado por lei. A decisão foi ratificada, em decisão monocrática do ministro do TSE, João Otávio de Noronha, aos 23/02/2015, no recurso especial AIJE nº 13426.
O novo pleito deve ser realizado no dia 17 de maio de 2015. Será elaborada uma resolução que fixa a data e aprova as instruções para a realização da eleição suplementar e outra resolução que dispõe sobre a arrecadação e aplicação de recursos e as respectivas prestações de contas na campanha eleitoral.

RENAN ATACA PLANALTO: "É PRECISO ACABAR COM A FARRA DA CRIAÇÃO DE PARTIDOS"

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acusou nesta quinta-feira o Palácio do Planalto de patrocinar a refundação do Partido Liberal e classificou a atitude como a "pior criação" da articulação política do governo nos últimos meses. "Como pode o governo patrocinar uma coisa que objetiva diminuir o tamanho de um aliado? Isso é um péssimo exemplo da reforma política que nós vamos ter", disse Renan, ao ser questionado sobre a ideia do PMDB de desencadear uma batalha jurídica para impedir que o PL seja criado.
"Nós precisamos acabar com essa farra da criação de novos partidos. Principalmente, de partidos patrocinados pelo governo que pretendem fazer a fusão para levar aliados. Do ponto de vista da articulação política dos últimos meses, essa foi a pior criação", afirmou. Sem citar nomes, o peemedebista insinuou que os titulares dos ministérios da Educação e das Cidades estavam por trás da ideia de fundar o novo partido. Apesar de negar, o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, tem sido apontado como o grande patrocinador da iniciativa. O ex-ministro da Educação Cid Gomes também é visto como um desafeto do PMDB que estaria ajudando a sigla a sair do papel. (Diário do Poder)

CARROS BLINDADOS NÃO USAM OS MESMOS VIDROS QUE FORAM APROVADOS PELO EXÉRCITO

Mais de 140 mil carros blindados circulam pelas ruas do Brasil, segundo estimativa da Associação Brasileira de Blindagem. No entanto, seus vidros à prova de balas não são os mesmos que foram testados e aprovados pelo Exército Brasileiro, que detém exclusividade para avaliar o produto. O resultado prático é que a resistência a tiro dos vidros que circulam nas ruas, dentre outras características, é diferente daquela que foi aprovada pelos militares.
Isso se deve à norma que regulamenta a blindagem no país: a ABNT-NBR 15.000, que traz classificação e critérios de avaliação para blindagens para impactos balísticos. A regra determina que os vidros testados sejam planos (como os das janelas de casa). Acontece que os vidros dos carros são curvos e, por isso, segundo especialistas, mais frágeis.

ZEZINHO ALBUQUERQUE: "POVO CEARENSE FOI DESRESPEITADO NO BERÇO DA DEMOCRACIA"

"O povo cearense foi desrespeitado no berço da democracia que é a Câmara dos Deputados". O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque, abriu a sessão desta quinta-feira (26), registrando seu repúdio à atitude do presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, na quarta-feira (18).
Segundo Zezinho Albuquerque, o presidente da Câmara determinou, de forma desrespeitosa, a segurança daquela Casa retirar os parlamentares do Estado durante a fala do ex-ministro da Educação, Cid Gomes, em Brasília (DF).

DOMINGOS NETO TEM PROPOSTA ACATADA PELO GOVERNO NA ÁREA DO SEGURO-DEFESO

O líder do Pros na Câmara, Domingos Neto, propôs que o papel de fiscalizar os profissionais que exercem a atividade da pesca seja responsabilidade das Colônias de Pescadores. A alteração do seguro-desemprego do pescador artesanal em período defeso está prevista na MP 665/14, que amplia para três anos, a partir da obtenção do registo do pescador, o prazo de carência para concessão do benefício.
O governo federal, segundo os ministros Carlos Gabas, da Previdência Social, e do Trabalho, Manoel Dias, acatou essa proposta do parlamentar cearense. A informação foi dada ao deputado durante encontro realizado nessa quarta-feira, em Brasília.
Domingos Neto argumenta que “todo pescador é filiado à colônia, que pode, de forma segura e transparente, aferir a quantidade do pescado, atestando assim o exercício profissional. Hoje sabemos que há muitos profissionais que não exercem a função, mas para receber o benefício, afirmam que são pescadores”, explicou.
Com a legitimação das Colônias atestando exercício profissional dos pescadores, os trabalhadores da pesca não serão penalizados pelos aproveitadores que fraudam o seguro defeso, segundo Domingos Neto, que elogiou ainda a disposição do Executivo de dialogar com o Parlamento nas questões relevantes para o País.
(Via Blog do Eliomar de Lima)

HOJE TEM PROGRAMAÇÃO INFANTIL NO NORTH SHOPPING SOBRAL

O North Shopping Sobral recebe nesta quinta-feira, 26, às 19h30, na Praça de Alimentação, a peça teatral infantil “Pingo e Gota no Esquadrão Contra o Desperdício”. O objetivo da peça é levar informações ambientais e diversão para a garotada. Para conscientizar sobre a importância do uso responsável da água, serão dadas dicas de economia e ações contra o desperdício.
Atenção papais! Levem a criançada para participar!

CÂMARA GARANTE MAMOGRAFIA A MULHERES A PARTIR DOS 40 ANOS

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou na quarta-feira (25) o Projeto de Decreto Legislativo 1442/14, da deputada Carmen Zanotto (PPS-SC), que suspende parcialmente a Portaria 1.253/12, do Ministério da Saúde. A suspensão evita a recusa do exame de mamografia às mulheres na faixa de idade de 40 a 49 anos no Sistema Único de Saúde (SUS). A matéria deve ser votada ainda pelo Senado.
O texto aprovado é uma emenda da deputada Gorete Pereira (PR-CE), relatora pela Comissão de Seguridade Social e Família, que mantém a mamografia para essa faixa etária com o custeio por meio de recursos do Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec).
A portaria permite a mamografia com recursos desse fundo apenas para a faixa etária de 50 a 69 anos, alterando a Tabela de Procedimentos do SUS.

ESTILO GESTÃO DE SOBRAL

Quem tem uma assessoria que nem a do prefeito de Sobral não precisa de oposição. Os auxiliares (secretários) do prefeito Veveu Arruda (PT) ressalvadas algumas exceções, já poderiam deixar seus cargos. Alguns estão torcendo para chegar o 31 de dezembro de 2016, outros vivem de reuniões - marca veveuzista - mas na verdade é que sua grande maioria não são identificados com a atividade pública.

COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE SOBRAL DEMONSTRA DESPREPARO

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Sobral comunica erradamente os atos do governo municipal. Na manhã desta quinta-feira (26) até o próprio prefeito Veveu Arruda (PT) foi induzido a informar errado o local de uma inauguração que era no Bairro da Expectativa e estava sendo informado que seria no Dom Expedito. 
Até na comunicação o governo sobralense petista mostra fragilidade e despreparo. 

CAMILO E GOVERNADORES DO NORDESTE APRESENTAM PAUTA ADMINISTRATIVA À PRESIDENTE DILMA

O governador Camilo Santana e os outros governadores do Nordeste se reuniram com a presidenta Dilma Rousseff na tarde desta quarta-feira (25), no Palácio do Planalto, em Brasília. Eles apresentaram uma pauta administrativa com cinco itens prioritários para a região e a `Carta dos Governadores`, que foram definidas em encontro realizado pela manhã no Meliá Hotel.
“É muito importante fortalecermos essa prioridade dos investimentos, principalmente das obras que já estão em andamento. No caso do Ceará, temos o problema da seca que é grave e não pode esperar”, citou o governador Camilo Santana, durante a reunião da manhã com os governadores Rui Costa (Bahia), Flávio Dino (Maranhão), Wellington Dias (Piauí), Paulo Câmara (Pernambuco), Renan Filho (Alagoas), Robinson Faria (Rio Grande do Norte), Ricardo Coutinho (Paraíba) e Jackson Barreto (Sergipe).
Camilo apresentou aos governadores o Plano Estadual de Convivência com a Seca e enfatizou, ainda, a importância de financiamentos em áreas como saúde e segurança e o combate à corrupção como item prioritário para o País – na semana passada, o governador do Ceará acompanhou na Capital Federal o lançamento das medidas anticorrupção apresentadas pela presidenta Dilma.
PAUTA ADMINISTRATIVA DOS GOVERNADORES DO NORDESTE
Os Governadores dos Estados do Nordeste brasileiro, que subscrevem este documento, apresentam ao Governo Federal os seguintes pontos administrativos que, por consenso, constituem as pautas prioritárias para garantir o desenvolvimento econômico e social da região:
Acesso a financiamentos internos e externos, de acordo com a capacidade de endividamento de cada Estado. Os financiamentos devem ser voltados para investimentos em infraestrutura e para contrapartidas em convênios federais;
Continuidade de investimentos federais em andamento, com destaque para obras do PAC, do ‘Minha Casa, Minha Vida’, da Petrobras e em recursos hídricos;
Alternativas de novas fontes para o financiamento na Saúde, com a taxação de grandes fortunas para este fim e a retomada de credenciamentos de novos serviços e leitos;
Prioridade para o Nordeste no início do funcionamento do Sistema Único de Segurança Pública, com programas como o Brasil Mais Seguro, ‘Crack, é Possível Vencer’ e melhoria do sistema prisional;
Intensificação de ações emergenciais para convivência com a estiagem e combate à seca, com poços, carros-pipa e adutoras.

CARTA DOS GOVERNADORES DO NORDESTE
Os Governadores dos Estados integrantes do Nordeste brasileiro, diante do clima de transitória instabilidade política e econômica, vêm se manifestar nos seguintes termos:
1 – Nos últimos 30 anos, a nossa Nação deu passos acertados que nos permitiram conquistar plena democracia política, controle da hiperinflação e expressivos benefícios sociais.  Esse patrimônio é essencial para que possamos continuar a sonhar e obter novas conquistas.
2 – Por isso mesmo, não podemos concordar que o legítimo exercício do direito de oposição e de livre manifestação seja confundido com teses sem qualquer amparo na Constituição Federal, e que dificultam o pleno funcionamento das instituições brasileiras.
3 – Outrossim, reconhecemos as dificuldades econômicas por que passa o Brasil, derivadas em larga medida da continuidade da crise mundial inaugurada em 2008. Por essa razão, compreendemos a necessidade de medidas de ajuste fiscal, de caráter transitório e emergencial. Concordamos que este é o momento de também apresentar rumos claros para as políticas públicas no Brasil, com atenção especial para o desenvolvimento do Nordeste.
4 -  Fazemos um apelo a todas as forças políticas, econômicas e sociais para um amplo entendimento nacional, baseado em uma agenda com os seguintes objetivos: retomada do crescimento econômico; defesa dos investimentos públicos e privados, aí abrangidos aqueles relacionados à PETROBRÁS – parte fundamental da nossa soberania; preservação das políticas de combate às desigualdades sociais e regionais;
realização de uma ampla reforma política, que observe as garantias do Estado Democrático de Direito conquistados pela nação brasileira;

5 – Apoiamos as investigações dentro do Estado de Direito e o combate incessante à corrupção, com a punição de todos os culpados em quaisquer casos. Porém, entendemos que o Brasil não pode ser o país da agenda negativa e única. É preciso convergir esforços para superar os problemas e construir soluções que coloquem o país num cenário de crescimento, competitividade, aumento e distribuição de riquezas. O Brasil precisa de uma nova agenda política e econômica.
6 – Um quadro de conflagrações radicalizadas não trará nenhum benefício ao Brasil. A hora exige espíritos desarmados e elevado senso quanto aos deveres patrióticos das lideranças para o bem da Nação. É neste cenário que os governadores dos Estados do Nordeste conclamam todas as lideranças políticas e a sociedade civil a um amplo entendimento que ponha o Brasil em um novo ciclo de crescimento, superando os focos de crise em nome do desenvolvimento de todos os brasileiros.
Brasília, 25 de março de 2015
CAMILO SOBREIRA DE SANTANA
Governador do Estado do Ceará

RICARDO VIEIRA COUTINHO
Governador do Estado da Paraíba

PAULO HENRIQUE SARAIVA CÂMARA
Governador do Estado do Pernambuco

ROBINSON MESQUITA DE FARIA
Governador do Estado do Rio Grande do Norte

JOSÉ RENAN VASCONCELOS CALHEIROS FILHO
Governador eleito do Estado de Alagoas

JACKSON BARRETO DE LIMA
Governador do Estado do Sergipe

FLÁVIO DINO DE CASTRO E COSTA
Governador do Estado do Maranhão

RUI COSTA DOS SANTOS
Governador da Bahia

JOSÉ WELLINGTON BARROSO DE ARAÚJO DIAS
Governador do Estado do Piauí

DEU NO PODER ONLINE

Desde a semana passada, aliados do agora ex-ministro Cid Gomes embalaram discursos em favor de uma candidatura presidencial em 2018. Dizem enxergar na cena do ex-governador do Ceará com o dedo em riste na direção do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), uma peça de propaganda de primeira linha para associar Cid ao sentimento de cansaço em relação ao governo do PT. Na prática, entretanto, a saída de Cid do Ministério da Educação jogou água numa peça fundamental da estratégia política da família Gomes: a de garantir uma vitrine com projeção nacional para o clã até que se aproxime a disputa presidencial.
Meses atrás, mesmo quando já se especulava sobre a possibilidade de Cid virar ministro, a família Gomes ainda trabalhava com o nome do irmão Ciro, veterano em eleições, como opção para 2018. O próprio Ciro não escondia nos bastidores o desejo de concorrer. Dizia que não se deixaria abater pelo desgaste de seu grupo e a decisão de aderir ao PROS, deixando o PSB de Eduardo Campos. E que trabalharia até onde fosse necessário para dar “sobrevivência” ao seu projeto eleitoral.
Quando a indicação de Cid para o ministério se concretizou, o grupo político dos Gomes passou a trabalhar com seu nome como candidato para a corrida  de 2018. Ciro, como contou ao Poder Online na época, buscou uma alternativa no setor setor privado. Acabou aceitando um convite da CSN.
O desafio agora, admitem pessoas próximas aos irmãos Gomes, é buscar um novo projeto capaz de dar visibilidade a Cid e a Ciro. Não se sabe, por exemplo, até que ponto o PROS poderia abrigar a empreitada, já que o partido foi criado com o dedo do Palácio do Planalto, como parte da estratégia para a corrida presidencial do ano passado. (Do blog Poder Online - Clarissa Oliveira)

DEPUTADO MOSES RODRIGUES DEBATE COM MINISTRO AEROPORTO PARA SOBRAL


O deputado federal Moses Rodrigues (PPS) esteve reunido na última terça-feira (24), com o Ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, em Brasília, para discutir a instalação de aeroportos no Estado do Ceará. Durante o encontro, o ministro apresentou o “Programa de Investimento em Logística: Aeroportos”, que visa melhorar a qualidade dos serviços e a infraestrutura aeroportuária para os usuários, ampliar a oferta de transporte aéreo à população brasileira e reconstruir a rede de aviação regional.

No encontro, Moses Rodrigues defendeu a necessidade de um aeroporto na cidade de Sobral, capaz de atender aos municípios da Região Norte do Ceará. “Sai muito otimista dessa reunião. O Ministro garantiu que Sobral será contemplada pelo Programa de Investimento em Logística, no entanto, afirmou que ainda é aguardada a indicação da área territorial para construção do equipamento.”, destacou o parlamentar.

A notícia surge após a divulgação de que o município de Sobral não seria contemplado pelo PAC da Aviação Civil, que prevê investimentos em 270 aeroportos em todo o país, entre eles dos municípios de Aracati, Crateús, Iguatu e Jijoca de Jericoacoara. “Partimos na frente. Fomos ao Ministro defender a importância de um aeroporto para uma cidade do porte de Sobral, que é responsável pela maior parte do PIB da Região Norte”, afirmou Moses Rodrigues. A reunião com o Ministro da Aviação Civil contou ainda com a participação do Senador Eunício Oliveira (PMDB/CE) e do deputado federal e presidente da Comissão de Turismo Alex Manente (PPS/SP), que reforçaram a solicitação feita por Moses Rodrigues. “Nos próximos dias, a bancada cearense irá se reunir e essa será uma das pautas apresentadas e defendidas por mim”, revelou o deputado.